Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

COMEÇA HOJE O HORÁRIO DE VERÃO

Rádio Weeb Mix100 Guaporé RS
Começa hoje o horário de verão 2018

Horário de Verão pode provocar alterações de sono e humor

Para facilitar a adaptação, ideal é que as pessoas aproveitem o turno da manhã

A mudança nos ponteiros do relógio – adiantados em 1 hora – pode ter reflexos no organismo. São apenas 60 minutos no relógio mas, de acordo com a pesquisadora do Laboratório de Cronobiologia do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), Melissa Alves Braga de Oliveira, esta alteração faz diferença para o corpo. “Em termos de sono, horários de dormir e acordar, as pessoas vespertinas (que dormem e acordam mais tarde) acabam sentindo mais”, explicou.

Conforme Melissa, quando o horário muda, e perdemos uma hora do dia, em termos de comportamento isto acaba gerando mais cansaço e indisposição. “O período de adaptação varia de pessoa para pessoa. Algumas pessoas conseguem se adaptar já depois de um dia, outras acabam demorando um pouco mais”, ressaltou.

Uma das principais dicas, segundo Melissa, é que as pessoas procurem ajustar gradativamente os horários antes da mudança. “Se a pessoa costumava se alimentar às 19h ou às 20h, procurar manter os mesmos horários. É preciso continuar com a mesma rotina, mantendo regularidade. Um pouco antes da mudança é importante que as pessoas já tentem dormir um pouco mais cedo para ir se adaptando, principalmente aquelas que sofrem muito com a mudança”, afirmou.

Outra sugestão para facilitar a adaptação, segundo Melissa, é que as pessoas aproveitem o turno da manhã para ficarem mais expostas à iluminação natural. “Para que, durante o período da noite, seja mais fácil iniciar o sono”, disse. O humor também pode ser afetado pela troca de horário. “Está tudo associado. Se a pessoa estiver mais cansada, estará menos preparada para desempenhar atividades que exijam concentração. Isto afeta principalmente os jovens, que precisam acordar cedo para ir à escola, e que, em sua maioria são vespertinos”, destacou.

Compartilhe: